PF mira organização criminosa que atua no tráfico internacional de drogas sintéticas; ex-funcionários dos


 A Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação, na manhã desta quarta-feira (9), que mira uma organização criminosa com atuação no tráfico internacional de drogas sintéticas. Ex-funcionários dos Correios são alvos, segundo a PF. 

 

São cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Curitiba e em Piraquara, na Região Metropolitana. Entre os alvos, conforme a PF, dois eram funcionários de carreira e três terceirizados.

 

De acordo com a PF, a suspeita é de que o grupo usasse o centro internacional de encomendas dos Correios em Pinhais, também na Região Metropolitana da capital paranaense, para executar o esquema criminoso.

 

A gerência de Segurança Operacional dos Correios deu apoio à PF para que a operação, batizada de "Holanda", fosse deflagrada. O G1 tenta contato com os Correios.

 

Com as buscas, os policiais federais pretendem coletar evidências relacionadas aos fatos investigados e aos suspeitos de serem os autores que, conforme a PF, são os ex-funcionários. Os nomes deles não foram divulgados.

 

Os mandados judiciais foram expedidos pela 9ª Vara Federal de Curitiba.

 

Informações: G1 Paraná

Foto: Polícia Federal/Divulgação