Três são presos com arsenal de guerra enterrado em chácara na região de fronteira com o Paraguai


 Três homens foram presos na noite do último sábado (8) com um arsenal de guerra enterrado aos fundos de uma casa em uma chácara de Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense vizinha a Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Paraguai.

 

De acordo com o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), com o grupo foram encontrados fuzis, munições, granadas, explosivos, coletes balísticos e um veículo blindado. O armamento estava em uma chácara e o carro, com os três presos.

 

A apreensão correu após um bloqueio policial para fiscalização em uma rodovia próximo a cidade de Ponta Porã. Os militares, viram uma caminhonete em alta velocidade e deram ordem de parada. No entanto, o motorista não obedeceu e só parou após perseguição.

 

Conforme a DOF, o condutor, um homem de 38 anos, disse que é proprietário de fazendas no Paraguai e que iria a Ponta Porã fazer compras. O passageiro, de 25 anos, contou aos policiais que é sobrinho do motorista, que reside em Campo Grande e que tinha ido à casa do tio para passear e pescar.

 

O terceiro homem, de 28 anos, disse aos policiais que mora no Rio de Janeiro e que veio para Mato Grosso do Sul para trabalhar na chácara como motorista. O condutor da caminhonete ainda afirmou aos policiais que poderiam averiguar o local, pois não tinham nada a esconder.

 
Na chácara

Segundo o DOF, chegando próximo da chácara, os militares viram dois homens armados que, ao perceber a presença policial, fugiram para a mata e não foram localizados. Na varanda da residência foram localizados um fuzil e uma carabina, além de explosivos e uma porção de maconha, em um armário. No quintal foram encontradas malas enterradas com mais fuzis, munições e explosivos.

 

Ao todo foram apreendidos: 89 explosivos com peso de 26,7 quilos; 1.661 munições de vários calibres (entre eles os de fuzil 7,62, 556 e .30); três granadas; dois coletes balísticos; 15 fuzis; duas carabinas; três rolos de cordel detonante; três caixas de espoletas; 0,400 gramas de maconha; e 53 carregadores para diversos calibres.

 

A apreensão faz parte da Operação Hórus da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), na região de Ponta Porã.

 

O condutor da Toyota SW4 blindada disse ser o proprietário do arsenal apreendido; que adquiriu o armamento e os explosivos para se defender, uma vez que reside na Fronteira do Brasil com o Paraguai.

 

A ocorrência foi registrada e entregue, juntamente com os dois veículos e o material apreendidos, na Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã.

 
Informações: G1
 
Foto: DOF/Divulgação